Projeto Jovem Cientista

A cultura científca e os seus meios de produção precisam ser difundidos entre os jovens para que estes possam se tornar  pessoas com senso crítico, criativas, inovadoras, capazes de traçar metas e buscar alternativas para solucionar problemas detectados na sociedade. 
Visando implantar e consolidar no Instituto Francisco de Assis (IFA) uma forte cultura de produção científica entre os estudantes do ensino médio, tendo como foco a formação integral do jovem autônomo, competente, crítico e solidário, o IFA em parceria com a  Faculdade do Sul da Bahia (FASB) criou um programa de iniciação científica para o 1º e 2º anos do ensino médio através do projeto Jovem Cientista que tem como propósito maior fortalecer o protagonismo juvenil com a oferta de atividades que promovam a educação científica e humanística, a valorização da leitura, da cultura, o aprimoramento da relação teórica e prática, da utilização das novas tecnologias e o desenvolvimento de metodologias criativas e emancipadoras. As atividades desenvolvidas durante este projeto proporcionarão ao aluno do ensino médio a capacidade de realizar um exercício ativo e intelectual de resolução de problemas com embasamento científico e planejamento estratégico visando alcançar uma resposta que tem uma finalidade prática para a sociedade. Durante as atividades teóricas os alunos aprenderão as etapas da produção do conhecimento científico através da disciplina metodologia científica que irá proporciona ao educando o aprimoramento da atenção e da memória associativa, além de criar espaços de discussões teóricas, confrontamento de ideias, opiniões e convicções possibilitando ao aluno a aprendizagem do saber ouvir o outro e respeitá-lo. O propósito das aulas práticas em laboratórios é desenvolver o espírito crítico e inventivo para fomentar novas ideias além de permitir a compreensão da aplicabilidade da ciência, especialmente a sua relação com a sociedade.

 

 


 

Please reload

Posts Em Destaque